Representações Gráficas de Síntese (RGS): em busca de uma elucidação do conceito | Graphic Representations for Synthesis (GRS): in search of a conceptual elucidation

Stephania Padovani, Juliana Bueno, Juliana Ferreira de Oliveira

Resumo


O presente artigo tem como objetivo responder a um conjunto de questões que nos foram colocadas por estudantes e professores sobre as Representações Gráficas de Síntese (RGS). Para tanto, agrupamos as questões em 4 categorias: definição e diferenciação; objetivos da dinâmica envolvendo RGSs; características gráficas das RGSs; processo de produção. Para cada um desses grupos, iniciamos com uma fundamentação teórica apoiada nas áreas de Design da Informação, Construção Colaborativa do Conhecimento e Pensamento visual (visual thinking). Ao responder às questões aliamos os fundamentos teóricos a dados obtidos em nossas pesquisas sobre RGSs. Por fim, reconhecemos a impossibilidade da generalização de todos os aspectos discutidos no artigo para além da área de Design e traçamos alguns desdobramentos rumo à aplicação das RGSs para além das fronteiras do Design.

*****

In the current article, we aimed to answer a group of questions brought to us by students and lecturers concerning the Graphic Representations for Synthesis (GRS). In order to achieve such, we grouped such questions into 4 categories: definition and differentiation; aims of the group activity involving GRSs; graphic characteristics of GRSs; production process. For each group, we started with a theoretical background from Information Design, Collaborative Knowledge Building and Visual Thinking. When answering the questions, we combined theoretical constructs and empirical data from our own research on GRSs. Finally, we acknowledge the impossibility of generalising all the aspects discussed within this article for beyond the Design field and plan future work on the application of GRSs outside the Design arena.


Palavras-chave


Representação gráfica; colaboração; aprendizagem

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.