Anúncios de oficinas tipográficas paulistanas (1900-1930)

Análise comparativa das fontes tipográficas utilizadas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.51358/id.v18i2.929

Resumo

Este artigo apresenta os resultados de uma análise das fontes usadas para identificar oficinas tipográficas paulistanas em anúncios de periódicos impressos durante as primeiras 3 décadas do século XX. Buscou-se responder a seguinte questão: os tipos usados para compor anúncios de uma determinada oficina tipográfica publicados em periódicos produzidos por outras oficinas tipográficas pertenciam ao repertório da empresa anunciante, ou ao das oficinas que imprimiam os periódicos? Os procedimentos metodológicos envolveram a seleção de 20 periódicos, 49 anúncios e também a análise de caracteres tipográficos através de testes comparativos de sobreposição. Foram encontradas evidências de que as oficinas responsáveis pela impressão dos periódicos eram as proprietárias dos tipos usados nos anúncios de seus concorrentes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fabio Mariano Cruz Pereira, Universidade de São Paulo - FAU

Graduado em design com habilitação em comunicação visual pela Unifacs (2007) e mestre em design pelo Centro Universitário Senac de São Paulo (2010). Atualmente é doutorando do programa de pós-graduação em design pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU USP, Brasil) em acordo de dupla-titulação com a Università IUAV di Venezia (IUAV, Itália).

Downloads

Publicado

2021-10-18

Como Citar

Mariano Cruz Pereira, F., & Farias, P. (2021). Anúncios de oficinas tipográficas paulistanas (1900-1930): Análise comparativa das fontes tipográficas utilizadas. InfoDesign - Revista Brasileira De Design Da Informação, 18(2). https://doi.org/10.51358/id.v18i2.929