Complexidade visual da interface digital e satisfação de uso: uma análise em websites de caráter informacional | Visual complexity of the digital interface and satisfaction of use: an analysis in informational websites

Fabiane Rodrigues Fernandes, Galdenoro Botura Júnior, Luis Carlos Paschoarelli

Resumo


Os websites de caráter informacional, ou seja, que servem para informar sobre algo ou transmitir conhecimento, são continuamente acessados por uma imensa maioria de pessoas por meio da rede mundial de computadores, ou internet. Sendo que, em boa parte das vezes, a forma e o nível de dificuldade de uso de suas interfaces acabam por definir a escolha dos usuários classificando-os dentre seus preferidos. O presente trabalho analisa como a complexidade visual de websites de cunho informacional interfere na experiência do usuário, na forma da percepção de suas interfaces e nos julgamentos sobre atratividade e satisfação de uso. Para isso foram criadas três interfaces com base em uma única anatomia, aumentando o nível de complexidade entre elas. Os dados abordados foram gerados a partir de um universo de 20 pessoas entre 22 e 61 anos, com média de 33,8 anos e desvio padrão de 9,389, por meio de uma abordagem virtual (online), sendo 55% dos participantes do gênero feminino e 45% do gênero masculino. Os resultados demonstram que a interface, inicialmente considerada complexa, atingiu o melhor nível com relação a atração inicial e a qualidade de uso (usabilidade), atendendo melhor as expectativas iniciais do usuário, atingindo o nível “satisfação” dentro da classificação proposta.

Information design, visual perception, user experience, attraction, satisfaction.
Informational websites, that is, that serve to inform about something or transmit knowledge, are continuously accessed by a vast majority of people through the computer network, or the Internet. Since, in most cases, the form and level of difficulty of using their interfaces end up defining the users' choice by placing the portals among their favorites. The present work analyzes how the visual complexity of informational websites interferes with the user experience, the perception of interfaces and their judgments about attractiveness and use satisfaction. For this research were created three interfaces based on a single anatomy, increasing the level of complexity between them. The data were generated from a universe of 20 people between 22 and 61 years old, with a mean of 33.8 years and a standard deviation of 9,389, using a virtual (online) approach, with 55% of the participants being female and 45% of males. The results show that the interface, initially considered complex, reached the best level with respect to initial attraction and quality of use (usability), better serving the initial expectations of the user, reaching the satisfaction level within the proposed classification.


Palavras-chave


Design de informação; percepção visual; experiência do usuário; atração; satisfação

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.