Gênero neutro e design gráfico: uma análise discursiva das marcas de cosméticos Simple Organic e Fluide | Gender neutral design: a discursive analysis of the design of the cosmetic brands Simple Organic and Fluide

Bianca Mendes Rati, Marcos Namba Beccari

Resumo


O objetivo deste artigo é indicar, por meio da abordagem arqueológica (de perspectiva foucaultiana), de que maneira discursos a respeito do que é gênero-neutro se relacionam, por meio de duas marcas de cosméticos — Simple Organic e Fluide Beauty —, com a produção de expressões de gênero, em especial aquelas a respeito do discurso do design gênero-neutro. Além da filosofia de Foucault, também se adota como base teórica a Teoria Queer para discutir gênero. Conclui-se com uma reflexão a respeito da proximidade entre neutralidade e design da informação/gráfico, reforçando o papel do design enquanto reprodutor ou questionador de discursos e propondo o levantamento de uma proposta de design anti-normatizante.

*****

This article is located in the field of discursive studies in design and aims to indicate, through the archaeological approach (from Foucault's perspective), how discourses about what is gender-neutral are related, through two cosmetic brands - Simple Organic and Fluide Beauty -, to the production of gender expressions, especially those regarding the discourse of gender-neutral design. In addition to Foucault's philosophy, Queer Theory is also adopted as a theoretical basis to discuss gender. The results of the analysis reveal two sides of the gender neutral design: normativity and questioning. It concludes with a reflection on the proximity between neutrality and information / graphic design, reinforcing the role of design as a discourse reproducer or questioner and proposing the lifting of an anti-normative design proposal.


Palavras-chave


discurso; gênero-neutro; design gráfico; cosméticos

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.51358/id.v17i3.843

Apontamentos

  • Não há apontamentos.